02 outubro 2017

Cães de Aluguel - Crítica (Sem Spoiler)


Olá pessoal, aqui é o Gustavo do canal A Cantina de Star Wars.

Quentin Tarantino se tornou uma das maiores referências no cinema alternativo e "filmes B", fazendo filmes que não seguem padrões hollywoodianos e de grande impacto. Responsável pelo clássico definitivo do cinema Pulp Fiction (1994) e filmes extremamente marcantes como Bastardos Inglórios (2009) e Django Livre (2012), Tarantino é um dos maiores nomes dos filmes cult modernos, junto de Darren Aronofsky, Martin Scorsese e David Fincher. Cães de Aluguel (1992) foi o primeiro trabalho do diretor, que definiu o tão conhecido estilo do Tarantino.



A história é sobre uma quadrilha de homens que não se conhecem e trabalham para um velho rico; eles se apresentam apenas por nome de cores e juntos praticaram um roubo mal sucedido de diamantes, onde foram vítimas de uma emboscada. Enquanto esperam em um galpão abandonado a chegada do líder da quadrilha, eles tentam entender o que aconteceu e desconfiam que existe um traidor dentro do grupo.


Nesse filme se encontra todos os elementos característicos dos filmes do Tarantino: diálogos marcantes, história não-linear, violência, sangue, trilha sonora eclética, tomadas longas e muitos palavrões. A estrutura do filme vai e volta no tempo diversas vezes para apresentar cada personagem, o que deixa quem assiste intrigado, pois a personalidade de cada é importante pra história. É um filme curto: tem apenas uma hora e meia de duração, mas é intrigante o tempo todo. O humor está bem presente no sarcasmo, o que torna o filme divertido.

Quentin Tarantino é um diretor e roteirista excepcional, ele sabe muito bem fazer cenas de diálogos, não importa o que os personagens estejam falando, como na cena de abertura do filme, onde os personagens discutem o que significa a letra da música Like A Virgin da Madonna, e as outras cenas onde mostram os personagens interagindo entre eles. É um filme de baixo orçamento, ele parece ser mais velho do que realmente é. Apesar de ter feito mais sucesso após o lançamento de Pulp Fiction, esse filme é considerado um dos filmes mais importantes do cinema independente.


Diretores como Quentin Tarantino mostram que na simplicidade pode-se fazer filmes incríveis, existem filmes sensacionais fora dos blockbusters, apesar de ser um diretor mega-conhecido hoje em dia, até hoje Tarantino faz filmes simples e práticos, ostentando apenas um grande elenco, mas ainda usando técnicas antigas de filmagem, sem usar CGI e trabalhando com estúdios pequenos, o diretor coleciona diversos prêmios pelos seus roteiros, como dois Oscar e tem diversas indicações por Melhor Filme e Melhor Diretor.

Cães de Aluguel é considerado um dos melhores filmes cult já feito, está disponível no catálogo da Netflix, vale a pena conferir. O filme faz parte da minha lista 52 filmes em 52 semanas e a cada semana é um filme surpreendente que venho conhecendo.

Cães de Aluguel (Reservoir Dogs, 1992)
Diretor: Quentin Tarantino
Elenco: Harvey Keitel, Michael Madsen, Chris Penn, Steve Buscemi, Lawrence Tierney, Edward Bunker, Quentin Tarantino e Tim Roth.

Nota: ⭐⭐⭐⭐

Nenhum comentário:

Postar um comentário